Petar - Onde Ficar


Existem diversas opções de pousadas no Petar. Fiquei hospedada em uma bem central, chamada Pousada da Diva. O lugar é bem simples, os quartos maiores tem três beliches e dois banheiros, o que eu achei ótimo, pois essa quantidade de pessoas usando o mesmo banheiro é inviável. Os quartos tem ventilador, mas não tem televisão. Tem uma área de lazer com mesa de snooker e ping-pong que pode ser utilizada até as 23:00 hs.
O café da manhã é farto, com pão caseiro, bolo e frutas. O lanche de trilha também é bem generoso.
O jantar tem comidas caseiras em sistema self-service. (Café e jantar inclusos)
Muitas excursões se hospedam nessa pousada.
Tel.: (15) 3556-1224


Petar - Como chegar


Partindo de São Paulo temos que pegar a Regis Bittencort - BR 116, seguindo as placas entrar na cidade de Jacupiranga, continue seguindo e vá a Eldorado, entre em Iporanga e siga até o Bairro da Serra, onde ficam a maioria das pousadas do Petar.

A estrada é perigosa, com muitos buracos e o tráfego é intenso, com muitos caminhões.

Evite viajar a noite. Durante o dia a visibilidade é melhor e existem trechos nas cidades pequenas que são mals sinalizados e as pequenas estradas irregulares.


PETAR


O que é o PETAR?

O Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira é considerado uma das Unidades de Conservação mais importantes do mundo. Abriga a maior porção de Mata Atlântica preservada do Brasil e mais de 300 cavernas.É considerado hoje um patrimônio da humanidade, reconhecido pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). Fonte:
Petar Online

Caraíva - Boas surpresas

Caraíva continua linda...
Estive em Caraíva novamente neste Carnaval e tive a feliz surpresa de saber que apesar de a luz ter chego no ano passado nada mudou.
As instalações são todas subterrâneas e a cidade continua na mesma escuridão, que realça o céu estrelado, e melhor, sem o barulho dos geradores.
As pousadas agora tem chuveiro quente, mas se recusam a ter TV nos quartos. (acho ótimo ficar 10 dias sem ter notícias do mundo exterior)
A cerveja nos barres está sempre gelada, porque agora todos tem geladeiras.
E o melhor, o público continua o mesmo, amantes da natureza e do forró, sem frescuras e sem modismos!
Adorei!