Livre como um pássaro

Sempre tive vontade de saltar de asa delta e aproveitando minha vinda ao Rio para passar alguns dias de férias descansando na casa da minha amiga, resolvi experimentar.
Um dia passando pela praia comentei com ela que tinha vontade de saltar, na hora ela disse que também. Ligamos para uma escola no mesmo dia e marcamos nosso salto.
No dia fomos tomadas por um pânico geral, um nervoso, medo... O ponto de encontro era num posto em Sâo Conrado. O cara veio nos buscar, fizemos nossa inscrição na escola de vôo, subimos para a Pedra da Gávea de bugue e lá nós... no topo da Pedra, muito alto, nos preparando pra saltar. A vista de lá de cima é maravilhosa, estava um dia lindo, muita gente saltando.
O medo foi passando e agora era a ansiedade de chegar minha vez. Na sua vez, você depois de preparada tem que dar uma corridinha numa rampa de madeira e se jogar no precipício, é excitante!
Tudo pronto, saltei... um frio na barriga, acompanhado por um sensação de liberdade maravillhosa! Quando você já está no ar você relaxa e curte a a paisagem, o vento batendo no rosto... O vôo deve ter durado uns 10 minutos, a descida também é emocionante. Foi demais, vai ficar marcado pra sempre na minha memória.