Itacaré decadente

Vou a Itacaré pelo menos uma vez por ano, desde 2002. E a cada ano, o que se percebe é a decadência do lugar.
Muito explorado pelas revistas de turismo, como local da moda a alguns anos, teve uma explosão de turismo, com a chegada das grandes operadoras na região.
Houve uma degradação da cidade, que não tinha estrutura para receber essa quantidade de turistas. Com isso os serviços foram ficando ruins e as pessoas deixando de ir.
Originalmente freqüentada por surfistas e pessoas jovens, hoje é freqüentado por casais e famílias. Aquele clima de surf, festa e azaração acabou se perdendo.
Atualmente os turistas brasileiros estão sumindo, e o que se vê são estrangeiros, na sua maioria israelitas, mais interessados em drogas e farra. Perdeu-se a alegria original.
Com as drogas, a violência cresceu assustadoramente, roubos, brigas, confusões.
No comercio o que se vê é pessoas que chegaram lá no ínicio voltando para suas cidades natais.
O pouco movimento mesmo no alto verão está deixando muitos sem fonte de renda.
 Guias sem trabalho, restaurantes e lojas fechando e um clima de cidade abandonada.
As praias continuam lindas, mas o publico não é mais o mesmo.
É muito triste ver uma cidade que amo tanto chegando a esse ponto, mas acho que hoje as pessoas estão procurando lugares menos explorados como Barra Grande.
É preciso um projeto para melhora do turismo ou Itacaré em breve vai ser um destino esquecido.