Roma - Atrações: Fontana di Trevi


Fontana di Trevi é a maior e mais ambiciosa construção de fontes barrocas da Itália e está localizada no rione Trevi, em Roma.
Um dos monumentos mais famosos do mundo, atraí milhões de pessoas todos os anos.
É uma obra de arte a céu aberto, que impressiona pela sua imponência e beleza.

Infelizmente quando fui a Roma ela estava em reforma, sem água e não consegui fazer o famoso gesto de jogar uma moeda na fonte, diz a lenda que quem faz isso volta a Roma.
Veja a reportagem sobre a reinauguração: http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2015/11/fontana-di-trevi-e-reinaugurada-depois-de-17-meses-em-obras.html

Roma - Atrações: Panteão

Um dos monumentos mais preservados da Roma Antiga, localiza-se na Piazza della Rotonda, onde há um obelisco e fontes.
A entrada é gratuita.

Impressiona por sua grandeza, a entrada tem colunas coríntias de granito e seu interior redondo, todo em mármore.
Hoje é uma igreja católica - Santa Maria dei Martiri, e abriga os túmulos do rei Vitório Emanuel II e de Rafael.
Mas o mais impressionante é sua cúpula, construída a quase dois mil anos, é ainda hoje uma das maiores do mundo, com altura de 43,3 metros.
No seu centro um óculo, ou seja, uma abertura central redonda de 8 metros, por onde entra a luz natural.

Ao seu redor, muitos restaurantes charmosos para apreciar essa obra de arte.

Roma - Atrações: Palatino e Fórum Romano

Palatino e Fórum Romano:
O principal centro comercial, financeiro e cultural da Roma Imperial, lugar onde ficavam os prédios públicos e moradas dos ricos e poderosos. Hoje em ruínas é um importante sítio arqueológico.

É um imenso parque em ruínas, mas continua mantendo sua grandeza e imponência. Tem uma energia incrível e te remete a um tempo muito antigo.
Quem quiser saber mais desse lugar em detalhes acesse esse blog: 
http://www.paraviagem.com.br/dicas-de-roma-roteiro-para-o-palatino/
Para ter uma ideia de como era isso antes veja esse vídeo:
https://www.youtube.com/watch?v=pHinQD3GAIo

Roma - Atrações: Coliseu

Andar em Roma é ter a sensação de estar dentro de um livro de história. Tudo aquilo que víamos na escola materializado na nossa frente, é uma sensação única.

As atrações são muitas, e não consegui visitar tudo no pequeno espaço de tempo que eu tinha, por isso vou citar apenas as que eu conheci:

Coliseu:
Sem dúvida um dos lugares mais imponentes e impressionantes que conheci. De longe já se vê sua grandiosidade. O ingresso custa 16,00 euros, Coliseu + Palatino e Fórum Romano.
Ao entrar você é levado ao passado, lembrando de tudo que aconteceu nesse anfiteatro gigante.

Não é possível entrar no centro, onde ocorriam as batalhas, somente andar pelas laterais, pelas arquibancada, mas mesmo assim a emoção é enorme.
Dentro do Coliseu há uma pequena loja de souvenir, com livros, imã de geladeiras e diversas lembrancinhas.

Roma - Citytur

Para ter uma visão geral do que é Roma é bom, porém as paradas nem sempre são tão próximas das atrações ou as vezes nem é possível vê-las sem descer do ônibus.
Não tem áudio em português, então o jeito é se virar com o espanhol.
Fizemos com a empresa CitySightseeing - Custa 19 euros o dia.
São 8 pontos de paradas, próximo as principais atrações. O percurso todo sem descer dura cerca de duas horas. É bom para ver tudo e depois escolher onde voltar com mais calma. 
Alguns pontos do percurso são bem difíceis para entrar, como o próximo ao Coliseu, as vezes é preciso esperar mais de um ônibus passar.


Itália - Roma

Confesso que Roma não era minha primeira opção quando eu pensava em viajar para a Itália. Imaginava ser uma grande metrópole e muito lotada por causa do Vaticano.
Mas foi uma grata surpresa ver que Roma é realmente incrível. Fui a Roma porque tinha uma grande amiga morando lá e seria uma boa opção de custo x benefício.
Essa minha amiga morava no Centro Histórico, bem no Largo Fontanella di Borghese, dentro de um Palazzo, onde também fica a Embaixada da Espanha. Só isso já seria uma atração, mas ainda tinha muito mais, com ruas estreitas e de pedra do centro histórico é puro charme, além de ser muito próximo de muitas atrações turísticas.

Próximo a Via Del Corso, também é um ótimo lugar para fazer compras, tem todas as lojas das grifes famosas, além de outras não tão conhecidas por nós brasileiros, porém tudo é de muito bom gosto. Como os italianos se vestem bem!
Vista do terraço do apartamento.

Viajei de Alitalia, com uma conexão rápida no Rio de Janeiro, o que facilita por ser um aeroporto conhecido. A viagem é longa, cerca de 15 horas no total, mas compensa cada minuto sentada naquela poltrona do avião.

São Roque - SP


São Roque é a rota dos vinhos no estado de São Paulo. Aproximadamente a uma hora de carro da capital, São Roque é um ótimo lugar para se passar um dia agradável, degustando vinhos, cachaças, alcachofra, queijos e salames artesanais.
Fiz o passeio por uma agência de turismo, mas é perfeitamente possível fazer de carro, os acessos são pelas rodovias Castelo Branco ou Raposo Tavares.

Chegamos cedinho e tomamos café-da-manhã na Vinícola Frank, localizada logo na entrada da estrada dos vinhos.
Depois de um delicioso café fomos a Vinícola Real D'Ouro, onde além da venda e degustação de vinho, existe um pequeno museu com a história do vinho.
Próxima parada Alcachofras Bonsucesso. Lá é possível ver a plantação de alcachofras e também comprar em várias formas: em conserva, patê, congelados etc.
Na hora do almoço, fomos ao centro de São Roque. Almoçamos na Casa da Luiza - um restaurante self-service muito gostoso, com grande variedade de comidas. Depois uma volta na praça principal da cidade. Estava acontecendo um festival e vimos coisas muito interessantes como a foto abaixo - carreata de carros de boi.
Depois do almoço e uma caminhadinha para passar o teor do álcool voltamos nosso passeio as vinícolas.
A primeira foi a Aurora, mais conhecida pelos seus sucos de uva que pelos seus vinhos.

Um lugar muito agradável, no alto da montanha, com um visual de tirar o fôlego.
Lá podemos visitar o parreiral, degustar cachaças, tomar um café e apreciar seus vinhos e sucos.
A próxima foi a Canguera, que além de um ambiente muito agradável, com degustação de vinhos, cachaças e licores, tem um restaurante bem bacana.


Fomos a Vinícola Palmeiras especialmente para comprar a groselha, já que lá é o único lugar que tem. Além disso tem toda uma linha de cosméticos feito a partir da uva.
E para o grande final a mais conhecida e bem estruturada de todas, a Vinícola Góes.
Além da vinícola, tem restaurante, lojas, lago, cafeteria. Dá para passar um dia inteiro lá comendo e bebendo tranquilamente.
Com uma loja gigante, e uma variedade enorme de vinhos, dá vontade de comprar todos. 
Uma coisa bem legal desta vinícola é uma degustação de vinhos especiais. Por R$ 5,00 você experimenta os vinhos tops da casa, em taças de vidros e o melhor, com um sommelier para te explicar tudinho, uva, combinações etc.


Um dia divertido e etílico. Super indico o passeio.

Colonia Del Sacramento - Uruguai

Fomos de Montividéu para Colonia Del Sacramento numa segunda-feira de ônibus.
O ônibus sai do Terminal Tres Cruces, de hora em hora para Colonia. Utilizamos a empresa de ônibus COT, uma empresa boa e pontual. Cada trecho custou 307,00 pesos uruguaios, mais ou menos R$ 40,00 reais. A viagem é de aproximadamente 02:40hs.
Chegando a rodoviária de Colonia, é possível ir a pé até o centro histórico, principal atração do local. Pegue um mapa turístico no centro de informações.

Na chegada ao centro histórico você passa por essa ponte. Entrada principal para se chegar a cidade velha.
O grande barato desse passeio é andam calmamente pelas ruas da cidade, apreciando as casas, lojas, ruas e construções.
O lugar é uma graça, com lojas e restaurantes cheios de charme. Almoçamos no restaurante Pulperia de Los Faroles, fomos muito bem atendidas, e a comida era excelente. Gastamos 1342,72 pesos, R$ 179,00, R$ 90,00 por pessoa. Não é barato, mas um preço razoável pelo custo x beneficio e por se tratar de um lugar turístico.
Almoce com calma, descanse e tome folego para subir no farol no final da tarde, quando o sol estiver se pondo. 
A entrada custa 20 pesos, é uma escadaria de ferro estreita para chegar ao topo, mas vale a pena pela linda vista. Você consegue ver a cidade em 360º e o Rio da Prata
Exitem outras atrações na cidade, como museus, ruínas, igrejas, ancoradouros e centros culturais.
Dá para fazer o passeio em um dia, mas se estiver com tempo, durma uma noite por lá e aproveite melhor a cidade.

Montevidéu - Parte III

Essa parte foi a mais interessante e a mais gostosa da viagem, fomos fazer um tour de vinhos.
Contratei o passeio pelo site www.senderosdeltannat.com, com o Cristian. O passeio consistia em transporte, ida a duas vinícolas e degustação de vinhos e queijos. O valor por pessoas era de U$ 89,00.

Visitamos primeiro a Vinícola Artesana - Ruta 48 km 3600 s/n - Las Bujas - Canelones, que como o próprio nome diz tem um processo bem artesanal de produção. É uma produção pequena e selecionada.
Fizemos um passeio pelas vinhas, com a dona da "bodega", e depois seguimos para a degustação -  ao ar livre e com pães e frios.

Foram quatro tipos diferentes de vinhos, degustado em um ambiente agradável de campo, bem junto a natureza. Tivemos a sorte de estar um dia lindo, com muito sol, o que deixou tudo melhor.
A segunda Vinícola visitada foi a H. Stagnari, muito maior que a anterior, produzia vinhos em larga escala. O principal vinho deste lugar é o Tannat, premiado em todo o mundo.
Lá fizemos um passeio pelo fábrica, onde foi explicado todo o processo de produção, envazamento e exportação.

Depois das explicações, mais degustação, seis tipos de vinhos, acompanhados de aula, queijo e pães.

No final do passeio, você sai conhecendo um pouco mais de vinho, bêbado e feliz.
Um ótimo passeio, recomendo.

Montevidéu - Parte II

No segundo dia saímos para dar uma volta e conhecer a orla de Montevidéu, que é banhada por um rio (Rio da Prata), que parece mar, tem até ondas e conchas na "praia".


Caminhar em sua orla é um exercício muito agradável, lá se vê pessoas consumindo "mate" e passeando com suas crianças e cachorros.
Aproveite para ver o por do sol próximo a esse monumento, é muito bonito.
De lá seguimos em direção ao bairro de Pocitos, procurando um restaurante para almoçar. O que nos indicaram estava fechado, mas acabamos entrando em um super agradável, que servia milanesas, Milamores - um dos pratos mais apreciados por lá. A comida é uma delícia, bem servida, ambiente descontraído e preço bem razoável.

Montevidéu - Parte I

Fomos a Montevidéu em um feriado de quatro dias. Voamos GOL, um voo rápido, de apenas duas horas. Trocamos o real pelos pesos uruguaios no aeroporto, NÃO façam isso, pois na cidade a cotação é bem melhor.(1 real X 7,49 pesos)

Ficamos hospedadas no Crystal Tower, um hotel novo e moderno, próximo ao centro, com boas acomodações.


Como chegamos já no meio da tarde fomos direto a zona portuária almoçar, o restaurante escolhido El Peregrino, que se situa no Mercado del Puerto, na Ciudad Vieja. A prato principal, como quase em todos os restaurantes típicos, é o churrasco. A comida e o atendimento são muitos bons, porém o preço é um pouco salgado.


Aproveite para caminhar, ver os prédios históricos, conhecer o mercado.

A noite fomos a uma danceteria chamada Lotus - um lugar pequeno e aconchegante, com público jovem e bonito.

São Miguel do Gostoso - Urca do Tubarão

"A Urca do Tubarão é um lugar para você relaxar, ouvir vinil, recitar e ouvir poesia, degustar de uma culinária especial, beber uma boa cachaça e principalmente se divertir com amigos e familiares e com seu anfitrião Edson Nobre (Ministro da Cachaça do Litoral Norte Potiguar)." - Guia de Gostoso
RN 221 - KM 8 - Estrada para Gostoso - 84 3263-2090 / 9112-9432.

Na volta para Natal, antes de pegar nosso voo demos uma passadinha nessa cachaçaria. 
O lugar é demais, um antiquário, que seu dono Edson faz questão de mostrar com maior carinho.
Não tínhamos muito tempo, uma pena, pois podíamos passar o dia conversando com o Sr. Edson. Degustamos algumas cachaças, ele nos mostrou todo processo de fabricação e trouxemos algumas garrafas para São Paulo, que foram muito apreciadas por quem recebeu.
Indico muito dar uma passadinha lá antes de ir embora, é simplesmente uma delícia.
Tudo que é bom dura pouco, neste mesmo dia voltamos pra São Paulo.